domingo, 25 de dezembro de 2016

Música e palestra dinamizam formação na área da educação inclusiva










O psicólogo Marcelo Ribeiro e o cantor Mariano Carvalho foram protagonistas na última formação continuada direcionada aos educadores que trabalham com educação inclusiva na rede municipal de ensino de Petrolina. Marcelo compartilhou seus conhecimentos como escritor e professor doutor da Univasf. Mariano animou a plateia de professores e auxiliares de sala de crianças autistas, com a voz afinada e a experiência de autor de várias composições.

O encontro, repleto de dinâmicas e arte musical, proveitoso e agradável, foi nessa sexta-feira, dia 23 de dezembro, no clube de campo do Sindsemp. A professora Adna Rodrigues, em nome da Secretaria Municipal de Educação, entregou certificados há vários professores, reconhecendo a relevância do trabalho realizado com os pais de alunos com deficiência, da contribuição dada à equipe de formação, das visitas às escolas, da orientação na área visual, da participação no Teatro de Libras, na elaboração de fichas na área de surdez, na ajuda na seleção de projetos para o Prêmio do Intercâmbio Municipal, no trabalho da equipe de formadores, na preparação das fichas de leitura e escrita adaptada.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Datas comemorativas das pessoas com deficiência


Dia Internacional da Síndrome de Down – 21 de março.
Dia Mundial de conscientização do Autismo - 2 de abril.
Dia Nacional da Luta Antimanicomial – 18 de maio.
Semana Nacional do Excepcional - 21 a 28 de agosto.
Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência – 21 de setembro.
Dia Nacional do Surdo - 26 de setembro.
Dia do Deficiente Físico – 11 de outubro.
Dia Nacional dos Ostomizados – 16 de novembro.
Dia Municipal do Surdocego - Último domingo de novembro.
Dia Internacional das Pessoas com Deficiência - 3 de dezembro.

Dia Nacional do Cego - 13 de dezembro.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

MEL - Movimento de Esporte e Lazer




Gincana inclusiva, teatro em Libras, roda de conversa sobre inclusão, corte de cabelo, sorteio de brindes e a participação do Palhaço Pirulito, do atleta Josoaldo Coelho e do educador físico Xexeu, enriqueceram, nessa quinta-feira (1), o primeiro MEL - Movimento de Esporte e Lazer, encontro de comemoração ao Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.
O animado evento foi no Sest Senat de Petrolina, envolvendo os estudantes da rede municipal que recebem o Atendimento Educacional Especializado (AEE), professores, instrutores, intérpretes de Libras, auxiliares e familiares. O MEL foi um momento de troca de experiências, valorização das diferenças, potencialização das capacidades e promoção da autonomia das pessoas com deficiência. As atividades lúdicas possibilitaram o exercício da tolerância e da imaginação.
A iniciativa foi da Secretaria Municipal de Educação, por meio do Núcleo de Apoio Psicopedagógico aos Portadores de Necessidades Especiais – NAPPNE, que contou com as parcerias do Instituto Embelleze, Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), Associação Petrolinense de Atletismo (APA), Sest Senat e Casa Nobre.

Segundo Adna Rodrigues, coordenadora do NAPPNE “Momentos como estes são importantes, quando falamos de luta em prol dos direitos das pessoas com deficiência. Mais do que vivenciarmos um dia divertido, pretendemos despertar a consciência do que ainda precisamos alcançar na nossa sociedade, para que ela seja de fato inclusiva. Dar protagonismo às pessoas com deficiência, ouvir familiares e também profissionais envolvidos nesta causa, promovendo o compartilhamento das ideias que cada um apresenta, é sem dúvida a melhor alternativa para superarmos o preconceito e promovermos um mundo melhor para todos”.

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Rose Andrade


A secretária de Acessibilidade de Petrolina faleceu no dia 21 de novembro de 2016, após sofrer parada cardíaca. Aos 45 anos, Rose deixa marido e dois filhos. De acordo com a filha, Bruna Andrade, a secretária já havia realizado dois procedimentos cirúrgicos para reduzir o estômago. Depois da última cirurgia, Rose lutava contra crises respiratórias e encontrava-se com os pulmões fragilizados. A secretária foi internada na última semana devido às complicações terem agravando seu quadro. A secretária sempre foi elogiada pela sua educação e respeito pelos funcionários da prefeitura de Petrolina. Aguerrida e sempre na linha de frente quando o assunto era pessoa com deficiência, Rose encarava suas limitações com bom humor e disposição. Trabalhou na TV Grande Rio, foi produtora de eventos, gerente de hotel e Secretária Executiva de Acessibilidade, na Secretaria de Cidadania. Diante da morte da secretária o prefeito Julio Lossio enviou a nota "É com grande tristeza que lamentamos o falecimento tão precoce da nossa queridíssima amiga Rose Andrade. Petrolina  perde uma figura admirável , que dedicou seus últimos anos à luta pelos direitos das Pessoas com Deficiência no município. Desejamos que a família encontre em Deus  conforto  e muita paz. A coragem com que se empenhava ao trabalho, a força de vontade e a sensibilidade eram marcantes em Rose. Perco uma amiga ,Petrolina perde um uma guerreira dedicada, uma mulher de fibra e de muita temperança. Que Deus na sua bondade nos conforte e nos faça entender que tudo vem D'ele e volta pra Ele". Palavras do Prefeito Julio Lossio.


Cauby Fernandes
Assessoria de Cidadania
21.11.2016.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

II Intercâmbio de Surdos e Familiares




Os estudantes surdos da Rede Municipal de Educação de Petrolina compareceram em massa ao II Intercâmbio Municipal de Surdos e Familiares, promovido na última quinta-feira, dia 20 de outubro de 2016, no Parque Josefa Coelho. O encontro de interação social, que contou com mais de 70 convidados, foi muito animado, teve brincadeiras para crianças e adultos, trocas de experiências e palestras. Contou com presenças de familiares, professores dos alunos com deficiência auditiva, professores do AEE, estudantes da rede estadual e municipal, além de Adna Rodrigues, coordenadora do Núcleo de Apoio Psicopedagógico aos Portadores de Necessidades Especiais (NAPPNE) e de Gilmara Lacerda, secretária Municipal de Educação.

O dia festivo foi organizado pelo NAPPNE com total apoio da equipe de instrutores e intérpretes de Libras, que coordenaram os jogos de dominó em Libras, pula-pula, peça teatral encenada pelas instrutoras Carmela Brito, Luciane Cândido, Chueyd Alves e Aparecida Morais. A equipe distribuiu para os alunos surdos chaveiros com configuração em Libras e lanches.

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

II Mostra da Educação Inclusiva






Foi realizada com muito sucesso, nesse dia 31 de agosto, a II Mostra da Educação Inclusiva da Rede Municipal de Petrolina. O objetivo foi sensibilizar a sociedade para o respeito às diferenças, valorizar as potencialidades dos estudantes com deficiência, socializar os trabalhos desenvolvidos pelos alunos e comemorar a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência. O evento aconteceu no Centro de Convenções de Petrolina mostrando a produção dos alunos da rede municipal e foi coordenado pelo NAPPNE - Núcleo de Apoio Psicopedagógico às Pessoas com Necessidades Especiais. Houve apresentações de dança, poesia, teatro, desenhos e música. Teve a participação de dezenas de escolas do município. Estavam presentes Adna Rodrigues, coordenadora do NAPPNE, Gilmara Lacerda dos Reis, secretária de Educação, os professores que trabalham com alunos com deficiência realizando o Atendimento Educacional Especializado (AEE), auxiliares de sala, gestores escolares e familiares.

É Importante Incluir?

A inclusão escolar, enquanto paradigma educacional tem como objetivo a construção de uma escola acolhedora, onde não existam critérios ou exigências de natureza alguma, nem mecanismos de seleção ou discriminação para o acesso e a permanência com sucesso de todos os alunos. Compreender paradigma requer um processo de ressignificação de concepções e práticas, no qual os educadores passem a entender a diferença humana em sua complexidade, não mais com um caráter fixo. Incluir é entender que as diferenças estão sendo constantemente feitas e refeitas e estão em todos e em cada um. Isto contribui para transformar a realidade histórica de segregação escolar e social das pessoas com deficiência, tornando efetivo o direito de todos à educação.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Roda de conversa discute o papel da família na inclusão das pessoas com deficiência




Uma roda de conversa discutindo o papel da família na inclusão das pessoas com deficiência reuniu nessa terça-feira (5), durante todo o período da manhã, pais, comunitários, estudantes e pessoas com limitações físicas e visuais, no Centro Social Urbano (CSU), em Petrolina. O encontro foi mediado pela psicóloga Diana Batista e marca a primeira ação do Projeto Reviver, promovido pela Secretaria Municipal de Cidadania, por meio da secretaria executiva de Acessibilidade. O Projeto consiste em ações motivacionais no âmbito familiar, educacional, profissional, e de inclusão social, que contribuam com a independência e automia da pessoa com deficiência.
Quando nasce uma criança diferente do que os pais imaginavam, esses ficam sem rumo, sem saberem como agir, ficam se sentindo culpados por terem tido um filho com deficiência. Alguns, no início acabam tendo depressão, não aceitam a criança, as rejeitam etc. Mas, não dá pra rejeitar toda a vida, afinal, é sangue do seu sangue, é fruto de uma relação de amor, é uma vida nova que inicia, é uma benção de Deus e não se pode simplesmente desistir. Têm-se é que erguer a cabeça, aceitar e procurar toda ajuda possível, para oferecer o que estiver ao seu alcance para facilitar a vida dessa pessoa especial. Apoio da família, de médicos, especialistas, professores, município, etc. para que a criança possa se desenvolver por completo. Quanto mais cedo iniciar esse processo de consciência e apoio de todas as entidades a essa criança, maior e melhor será com certeza seu desenvolvimento e ela será feliz.

Os encontros seguem nas próximas terças-feiras desse mês de julho, com os temas Educação, Mercado de Trabalho e Inclusão Social.